Aniversariantes
Enquete

O Grêmio sai da zona do rebaixamento até o início da Copa América?

  • Não (70%)
  • Sim (30%)

Carregando ... Carregando ...

Arquivo da categoria ‘Notícias Anteriores’

Apelo ao Felipão

Uma das manifestações mais bem humoradas  que eu vi nos últimos tempos, em estádio de futebol, foi em São Luís capital do Maranhão. No jogo entre Palmeiras e Sampaio Corrêa pela Copa do Brasil. Um torcedor do Sampaio exibiu um cartaz com o seguinte apelo: – Felipão casa com a minha vó -. Este torcedor pode permanecer por muito tempo sem tentar fazer humor, porque não repetirá a criatividade.

Renato é mais teimoso que inteligente

Renato tem demonstrado que é mais “teimoso que inteligente.” Com este conceito  não digo que Renato Carioca não é inteligente. Considero Renato inteligente, porém sua teimosia é soberana. A consideração que o treinador tem pelo atacante André é a manifestação incontestável de teimosia. O atleta desde que chegou ao Grêmio não produziu o suficiente para receber a titularidade. Esta é uma análise conceitual de desempenho, mas para  quem gosta de números é fácil não se enganar.  A teimosia está expressa na afirmação, após cada jogo, que o atleta é titular e  cobrador oficial de penalidade. O número  avassalador de cobranças mal feitas pouco representam para Renato. Para ser justo, após o jogo deste sábado, Renato não confirmou André contra o Juventude.

Grêmio melhorou a escalação e venceu

Ouvi com muita atenção as explicações  do Renato Carioca  sobre a vitória diante do Atlético Mineiro. O treinador centrou sua fala na “concentração dos atletas” que foi recuperada. Eu tenho muita dificuldade em concordar com esta afirmação. O Grêmio venceu principalmente, porque o time foi melhor escalado. Renato Carioca foi constrangido a escalar Michel no meio do campo – sua posição – e assim definir como companheiro de Geromel, o Rodriguez outro zagueiro. Futebol é simples. Já afirmei aqui, que futebol não se faz de situações abstratas. Futebol é prática,  treino,  repetição, aplicação, iniciativa em campo e preparo físico. A confiança que no futebol chamada de concentração é decorrente deste conjunto de  fatores.

Brasil respira Copa América

“Brasil respira Copa América.” Hoje eu ouvi esta bobagem. Nem a CBF respira Copa América imagina os brasileiros. Ocorreu a apresentação de menos da metade dos atletas. É uma manifestação completa de falta de organização. Os atletas que estão livres pelos clubes poderiam estar com suas famílias. A queixa é permanente com o calendário. É impossível esta cogitação, pois sem o trabalho de campo o Tite se reapresentou acima do peso.

Grêmio acredita no Sobrenatural de Almeida

Os comandantes do Grêmio continuam sem saber o que acontece. O time está em decréscimo. Treinador e dirigentes acreditam no “Sobrenatural de Almeida”. Não conhecem a figura criada por Nelson Rodrigues. Futebol não é feito por afirmações ou conceitos abstratos. As equipes são construídas com trabalho, desejo de vencer, cumplicidade, respeito profissional  com a instituição. Não é de hoje que elenco neste espaço as dificuldades e os equívocos futebolísticos e administrativos do Grêmio. Não preciso enumerá-los, basta recorrer as matérias  anteriores.

Renato espera por Tardelli

Outra vez o Grêmio foi mal em campo. Perdeu merecidamente para o Ceará. Fora das quatro linhas a falta de entrosamento é total. Nenhum valor individual se sobressai positivamente. Renato Carioca falou pelos médicos. O assessor do futebol Deco Nascimento repetiu o que disse em outras oportunidades o vice de futebol Duda Kroeff que não cobra do treinador. Deco se esmerou ao anunciar o acerto com David Braz sem que  atleta tenha feito exames médicos e assinado contrato. Estou curioso para saber quem é o empresário que está intermediando esta negociação. Renato e Deco não falaram sobre a recuperação do atleta Diego Tardelli que ficou em Porto Alegre para treinar. Esta é a informação oficial. Eu acrescento que, no sábado, Tardelli participou de uma feijoada na casa do ex-atleta Nilmar do Internacional. A foto registra o “ágape”. Da esquerda para a direita aparecem Labarthe, Nilmar, Tardelli e Diogo.