Aniversariantes
Enquete

O Grêmio define a classificação contra o Lanús noprimeiro jogo?

Apuração

Carregando ... Carregando ...

Preocupações por negócios e lesões

O torcedor gremista culpa o Renato Portaluppi pelo fato do Grêmio ter perdido as oportunidades de encostar no Corinthians. É o seguinte: o time sem Luan, Geromel outras lesões, cartões, negócios como Pedro Rocha e Bolaños,   inviabilizam a equipe. Um dos problemas do futebol é avaliar as condições do adversário e não avaliar as suas. Os cartolas e a torcida são especialistas nestas projeções.   As competições começam a fugir do alcance tricolor.

3 Comentários para “Preocupações por negócios e lesões”

  • Cristiano Ferreira disse:

    Nenhum candidato a título perde a competição por acaso. O somatório de erros levam as equipes ao fracassos.
    Erros nas contratações, administração, planejamento, etc.
    O Grêmio tinha tudo para ganhar pelo menos um título. E os erros podem fazer não ganhar nenhum.
    Ano passado, Palmeiras foi campeão. Vendeu o seu principal jogador e o segurou até o final. Sem o jogador, Palmeira virou um time comum.
    O Grêmio, por sua vez, ao contrário do Palmeiras, vendeu um dos seus principais jogadores, Pedro Rocha que estava sendo mais decisivo do que o próprio Luan que está vivendo mais no mundo da Lua do que no Grêmio.
    Além disso, a defesa do Grêmio não tem a mesma performance sem o Geromel, ainda que o Kannemann dê conta do recado.
    Ademais, ainda perdeu Bolaños para o Tijuana. Coincidência ou não o clube mexicano contratou Gustavo Bou e Damian Musto, jogadores que estavam na mira do Grêmio.
    O caso Bolaños foi muito mal administrado. E não duvido que o jogador de 27 anos saia de graça assim como Luan pode sair.
    Não obstante tantos erros, ainda tem o fator das lesões que ocorrem geralmente em momentos decisivos. Luan e Pedro Geromel são os casos mais recentes. Sem falar do Maicon que o DM empurrou com a barriga até chegar os momentos decisivos, quando geralmente eles costumam sair do convencional e mandar o jogador pra cirurgia.
    Ano passado a inexplicável epidemia da caxumba tirou o Geromel dos jogos decisivos e o Grêmio foi eliminado.
    Muitos torcedores estão confiantes de que o Grêmio passará pelo Botafogo.
    Eu não tenho dúvida de que o Grêmio tem mais bola, mas ter mais bola não significa que passará. A partida contra o Vasco é um exemplo. Não adianta ficar no passinho para o lado, passinho pra trás. Time que quer ser campeão precisa ter alma e perseverança de campeão. Mesmo sem o Luan era para ter passado pelo Vasco que tem um time que para ser ruim precisa melhorar muito.
    O mais fácil era vencer a Copa do Brasil.A Libertadores e o Campeonato Brasileiro são competições mais complicadas.
    Está na hora do Presidente descer e puxar as orelhas dos atletas, do departamento médico, da preparação física, pois o vice-de-futebol não existe.
    Depois, não cobrem do Renato, pois ele alertou. E mais, pediu reforços, veio só o Cristian.
    No final do exercício de 2016, era para ter havido demissões por ausência de explicação por tantas lesões e demora na recuperação dos atletas.

  • Paulo disse:

    Acho que além dos erros de administração,também penso que este contrato com a OAS inviabiliza um melhor futuro imediato do time.

  • Rafael uNger disse:

    Cristiano Ferreira tocou num ponto que me intriga muito. A recuperação dos jogadores do Gremio são demoradas e não raro reincidem na mesma lesão. Darci, por suas informações de bastidores, não estaria havendo uma avaliação interna do trabalho do Departamento médico do Grêmio? Nenhum questionamento se os profissionais da área médica do clube estão atualizados com as novas técnicas de tratamento?

Comentar

*