Aniversariantes
Enquete

Quem será campeão?

Apuração

Carregando ... Carregando ...

Base do Inter deixou de ser referência

Ao assumir, no início do ano, a direção do Internacional mudou o comando da sua equipe de Base. Passou a responder pelo setor Diego Cabrera. O dirigente fez muitas promessas de reformulação. Conseguiu, não ganhou absolutamente nada de importância. O último feito da base colorada foi ficar fora das finais da Copa Paulo Santana. Prometeu realizações mirabolantes com a equipe de “transição” e também não obtém resultado positivo. Aliás, estas equipes de transição servem mais para empresários e comissionados do que para os clubes. A Base do Inter deixou de ser referência.

7 Comentários para “Base do Inter deixou de ser referência”

  • Fernando Antonio moretto disse:

    Vizinho, este ano a base do Internacional conquistou o gaúcho de juniores e de forma invicta, com uma campanha fantástica a segundona gaúcha, só utilizando a meninada.
    Ao grupo principal foram alcanvolantes volantes Charles e Val, os meias Juan e Mossoró, o atacante Joanderson, o zagueiro Leo Ortiz e os laterais Junio e Iago.
    Alem deles, temos o goleiro Daniel, o qual atuou em algumas partidas da copa do brasil e série B do Brasileiro e foi bem, graças ao ritmo de jogo adquirido no time B, muito bem conduzido pelo competente e jovem Ricardo Colbachini.
    Se comparado ao Gremio, a base está pior ainda, porque além de sonegar a participação nas competições de base juvenil e infantil, sucumbiu ao Aimore nos Juniores e foi elimibado pelo Internacional na segundona.
    Acompanho a base colorada e assim que o principal tiver a casa arrumada será possível utilizar e tirar proveito de jogadores como os zagueiros Roberno e Bolnei, volantes Juliano, Jonathan, Ramom, Felipe Vargas, meias Carlos Gabriel, William, Da Silva, Richard, lucas ramos, atacantes André Clovis, Luiz Felipe, Pedro Lucas e João Victor, quem sabe os pequeninos Guilherme Pato e Ronald.
    Eu não faria tanta terra arrasada assim não, com todo respeito.

  • Fernando Antonio moretto disse:

    Corrigindo, Gremio sonegou os jogos da FGF.
    Zagueiros ROBERTO E VOLNEI.

  • Darci Filho disse:

    Vizinho, perfeito. Em nível nacional nada, o que era um hábito. Abraço.

  • Darci Filho disse:

    É pelo sucesso das bases que Grêmio e Inter contrataram e contratam jovens como Cícero, Carlinhos entre outros. Abraço.

  • lUIZ cARLOS tAVARES disse:

    Perfeita a tua análise Fernando Moretto, o Darci tem dificuldades em aceitar a opinião dos outros.

  • Darci Filho disse:

    Amigos ainda vencerei esta dificuldade. Obrigado.

  • Cristiano Ferreira disse:

    Tanto Grêmio quanto o Inter possuem bons profissionais. Por outro lado, há profissionais que não são tão eficiente quanto outros.
    O problema começa nos diretores e na escolha dos coordenadores que tomam algumas decisões sem sentido em razão dos fracos resultados.
    Quem substituiu Chávare no São Paulo, Rodolfo Canavesi, não deixou criar time de transição.

Comentar

*