Compleanni
Sondaggio

Você acredita que o Inter se organiza em 2018?

Carregando ... Caricamento ...

Os reforços não vem da Base

As divisões de base tem como finalidade formar atletas. É impossível cumprir este objetivo sem vencer. O que chama atenção é que há equipes que vencem e não formam atletas. Invariavelmente quando um grupo principal necessita de reforço a solução vem através de contratações. Cito três exemplos Grêmio, Internacional e um de fora do RS o São Paulo.  Cheguei a conclusão de que o erro não está na formação, mas nas indicações feitas pelos dirigentes da categoria. O Grêmio mudou os dirigentes da chamada base e foi possível identificar várias promessas. O jogo contra o Galo é o testemunho. O São Paulo ganha tudo com Sub 20 e não revela ninguém.

2 Comentários paraOs reforços não vem da Base

  • Cristiano Ferreira disse:

    Na minha opinião, o ideal é formar atletas vencedores na base. O Grêmio tem uma equipe sub 15, cujo grupo é vencedor. É uma equipe de chegada nas competições. Costuma ter um bom desempenho.
    Realmente, há equipes que vencem e não formam atletas. E há equipes que não vencem, mas formam atletas.
    Na geração do Danrlei, saiu o Carlos Miguel e o próprio goleiro. Saíram de uma equipe que decidiu a Taça São Paulo e perdeu. Mas mostrou qualidade e disputou uma final da categoria importante.
    O tricolor venceu duas Copa BH. Numa delas, o volante/meia Pessali foi escolhido o melhor jogador da competição. MAs não foi devidamente aproveitado.
    O Grêmio nos últimos anos vem sofrendo com algumas derrotas na base a partir do Juvenil ao Júnior.Isso se deve pela má preparação para as competições. Algumas decisões parece-me equivocadas. Há alguns equívocos de alguns técnicos nas escalações das equipes de base.
    O Renato andou reclamando que falta-lhe informações mais precisas sobre os atletas de base. Por isso, haverá mudança na equipe de transição. Irão tentar melhorar a troca de informações.
    O Arthur, por exemplo, estava esquecido na base. Inclusive ele próprio já tinha pensado em deixar o Grêmio.
    O Lima foi destaque no Ceará. Mas, antes, chegou a ser emprestado para o Mallorca da Espanha onde também foi bem na equipe B.
    O Lincoln foi emprestado. Mas poderia ter descido para a base para ter uma sequência de jogos. É um jogador que precisa de sequência para mostrar uma regularidade maior no seu futebol. Nos profissionais, o momento de um garoto, na maioria das vezes, é um período dentro do segundo tempo. Se não entrar bem, a tendência é ser esquecido.
    O Arthur recebeu chance do Felipão e não foi tão bem.
    Retornou para a base e quando teve oportunidade, já mais amadurecido fisicamente, mostrou seu potencial e sua qualidade técnica.
    isso significa que há, em alguns casos, o mau aproveitamento dos garotos.
    O Grêmio nessa competição da FGF sub 20 não está indo bem. Não que dizer que os atletas são de má qualidade. Contra o Palmeiras, por exemplo, a equipe foi muito desorganizada. Levou 3 e poderia ter sido 5. Melhorou no segundo tempo após a entrada de alguns atletas. Mas isso não apaga uma atuação medíocre de uma equipe que foi mal treinada e escalada. O técnico escalou dois jogadores com as mesmas características. O Lucas Araújo errou 75% dos passes no primeiro tempo. E o Palmeiras se aproveitou de todos os erros cometidos.
    Na base, você precisa também captar bons profissionais para que alguns erros amadores não aconteçam.
    O Grêmio decidiu não disputar com as principais equipes de base nas competições regionais no exercício de 2017, pois entende que o nível técnico é fraco. Uma decisão equivocada, pois poderia testar outros jogadores. Provavelmente, deve ser pelos fracassos acumulados de não disputar as finais na disputa pelo Gauchão nas categorias de base.
    O trabalho de formação dos atletas sempre precisa ser aperfeiçoado assim como o momento de aproveitar os jogadores de qualidade nos profissionais.

  • Traks disse:

    tem que ser elogiado o trabalho da base colorada campeão de diversos títulos esse ano, incluindo o Brasileirão de Aspirantes. Com certeza jogadores serão aproveitados no time de cima ano que vem, e sobem com mentalidade de Campeões.

    O Grêmio precisa aprender, os guris da base sobem com mentalidade de derrota, nunca irão decidir campeonato algum como Copa do Brasil ou Libertadores

Discutere

*