Aniversariantes
Enquete

Quem precia de mais reforços para 2019?

Apuração

Carregando ... Carregando ...

A medíocre despedida para Arthur

A direção do Grêmio patrocinou uma medíocre despedida para Arthur. O anúncio da saída do atleta para o Barcelona envolvendo a maior negociação da história do clube reuniu para a entrevista coletiva o atleta, o diretor executivo que ao ser contratado a imprensa foi comunicada que ele não concederia entrevistas e o terceiro integrante na ordem hierárquica do departamento de futebol. Este evento merecia a presença do presidente e do Conselho de Administração, do Conselho Deliberativo, vice-presidente de futebol, do diretor de futebol e de todos os que estão sempre na volta do poder. A ausência do presidente Romildo Bolzan Júnior é incompreensível. Será que é porque sempre negou a saída de Arthur  no meio do ano. Esta foi somente mais uma negativa de negócios que se confirmaram em seguida. A verdade é que o Arthur saiu pela porta da frente como ele mesmo falou. Começo a dar razão para o Walace.

8 Comentários para “A medíocre despedida para Arthur”

  • Michel disse:

    Wallace fez a maior bobagem saindo do grêmio. Foi para um time de segunda linha alemã, foi rebaixado ; quando saiu por 10 milhões agora trocou de clube, menor ainda por 6 milhões. Tinha potencial para estar na copa no Lugar do Fernandinho.

  • Cristiano Ferreira disse:

    Ao que tudo indica, mais uma informação será confirmada. Vamos aguardar.
    Realmente, o Presidente do Grêmio não conseguiria estar na coletiva por causa do tamanho do nariz.

    Primeiro, disse que não venderia Arthur por menos do que estava na cláusula. Fez pré-contrato de compromisso de venda em julho/2018. Vendeu por 26 milhões de euros parcelados. Segundo, disse que o jogador sairia somente em janeiro/2019, o jogador sai em julho/2018. Terceiro, se o Arthur saísse em julho, haveria compensação financeira, não há compensação financeira, o que seria recebido em parcelas, será recebido à vista.

    Diante de tudo isso, restou ao Presidente, esconder o nariz.

    No início, escrevi que falta uma notícia se confirmar. O tamanho do nariz do Romildo ainda pode crescer.

    Em breve, saberemos se ele será ou não candidato nesse ano.

  • Wagner Jáques disse:

    Com todo o respeito, mas, o Walace não tem nenhuma razão. Forçou a saída do Grêmio. Saiu! Há 8 meses força a saída do Hamburgo. Saiu! O Hannover vai ser a próxima vítima do Walace. Esse cara tem futebol, mas, uma cabeça oca que não merece nenhuma atenção…

  • Darci Filho disse:

    Pois é Wagner e saiu com as honras de grande volante, já o Arthur a direção nomeou um ventríloquo para representá-la.

  • disse:

    Não Darci. O Arthur saiu de fininho, pois o presidente estava envergonhado de dizer alguma coisa, se é que saiba alguma coisa para dizer pois mentir é seu forte.

  • Eustáquio disse:

    Acho que foi adequada, não precisa tanta pompa pra despedida de um jogador, se fosse um grande ídolo como Renato, ai sim eu diria q tem q ser melhor elaborada a despedida.

  • Darci Filho disse:

    Eustáquio, o Renato saiu sempre sem qualquer movimento de reconhecimento. A despedida do Renato poderá coordenada pelo Tarciso.

  • Roger disse:

    Caro Darci, saberia informar quanto o Grêmio faturou na venda de Arthur? E se pagaram a vista?

Comentar

*