Aniversariantes
Enquete

Quem é o melhor presidente?

Apuração

Carregando ... Carregando ...

Medeiros não foi eleitoreiro

O presidente Marcelo Medeiros, do Internacional,  atende com frequência, desenvoltura e prazer a imprensa do centro do país. Compreendo o presidente e sei que ele não é original em conceder preferência para cariocas ou paulistas. A mosca azul já picou outros. O tombo é o mesmo. Eu poderia acompanhar os que definem a contratação de Guerrero como “eleitoreira”, mas não concordo. A contratação é um fato, não é promessa de campanha. Esta situação diferencia o sério do cabotino.

2 Comentários para “Medeiros não foi eleitoreiro”

  • Cristiano Ferreira disse:

    Na realidade, a contratação foi para causar inveja a nós gremistas.

    Se fosse eleitoral, esconderia num cofre.

    A contratação do Guerrero lembra a do Diego Forlan. No final, a justiça decide ou acaba em acordo.

    A diferença é que o Forlan chegou com 33 anos. E o Guerrero com 34 anos. Ambos, com contrato de produtividade. Qualquer semelhança pode não ser uma mera coincidência.

    Vamos ver em campo qual Guerrero o Inter contratou. O do Corinthians ou o do Flamengo.

    Como jogada de marketing, Medeiros está de parabéns, ainda que os efeitos da contratação sejam pequenos.

  • fabio daniel disse:

    Guerrero com 34 anos pode render mais que Damião, Potker e Jonathas Alves juntos…. Pode render ou pode ser um fracasso… Neymar joga demais e foi um fracasso em duas copas… culpa das lesões? Talvez! Acho mais por culpa do caráter algo muito forte no futebol! Geromel, Jardel, Paulo Nunes, Bira, Moledo, Gamarra, Patrick e tantos outros que chegaram aqui desacreditados com muitas críticas e deram bons resultados… Futebol não é ciência exata! Nem todo estagiário chegará ao nível do Darci… muitos terão oportunidade pois foram bem na entrevista e não eram tão bons e muitos que foram mal na entrevista serão topo na profissão!!!! Muito cuidado com a crítica ou a ovação!!!!

Comentar

*