Aniversariantes
Enquete

Você credita na seriedade da Conmebol?

Apuração

Carregando ... Carregando ...

Em julho Jael fez o primeiro exame

Em 27 de julho eu informei que Jael tinha realizado exames médicos no Hospital Mãe de Deus. Os catedráticos de sempre desmentiram. Um deles foi mais risível que se possa imaginar, pois revelou que os atletas do Grêmio não realizam exames no Hospital Mãe de Deus e sim no Moinhos de Vento. Ah! O departamento médico do Grêmio também desmentiu a notícia. Hoje veio a confirmação da cirurgia do atleta Jael e o local do procedimento. Daquela data até hoje é possível contar o número de jogos  que Jael participou e o de treinos que realizou com o colegas.

8 Comentários para “Em julho Jael fez o primeiro exame”

  • Roger disse:

    Esse Jael não faz gols, até é interessante sair do time.

  • Cristiano Ferreira disse:

    Bem lembrado! Realmente, a informação estava correta. Apostaram no tratamento convencional que resultou na cirurgia no momento decisivo para o clube.

    Sempre esse departamento médico tenta estragar. Sempre tomam as decisões equivocadas.

    Mas não adianta falar pra que tem cargo vitalício e coloca o cargo à disposição.

    A politicagem no clube de futebol é triste.

    E não é a primeira vez que isso acontece. Foi assim com o Mário Fernandes. O Maycon ficou quase 12 meses fora por um tratamento inútil. O caso Gabriel que praticamente teve sua carreira encerrada pelo belo trabalho feito pelos médicos do Grêmio. O caso da caxumba.

    Fora os equívocos nos jogos. Cito o caso Arthur que ficou mais de 12 horas pulando e médico do Grêmio dando entrevista que não preocupava. Outro caso é o do Bolanos que ficou até o final do primeiro tempo com a mandíbula quebrada. O médico ficou de fazer avaliação no intervalo. O mais recente é o caso do Matheus Henrique, o narrador ou comentarista falou na televisão que o lance era preocupante e dificilmente o jogador permaneceria em campo. Após avaliação do médico do Grêmio, o jogador permaneceu. E qual foi o resultado? Matheus Henrique ficou afastado dos gramados por pelo menos duas semanas.

    As inúmeras lesões musculares. Enfim, se for pegar o histórico, os dirigentes do CREMERS deveriam ser processados junto por omissão.

    Se o treinador falhar, é demitido. Se o jogador não render, é afastado até ser negociado ou vir outro treinador. Se as coisas vão muito mal, sobre até para os dirigentes.

    Raramente, há transparência no departamento médico. A notícia da cirurgia causa espanto, porque o jogador está uma semana em tratamento e só não jogou, porque não se recuperou.

    O cargo médico é vitalício no Grêmio enquanto o VAR não chegar na medicina.

  • João Terreiro disse:

    Caríssimo Darci, parabéns pela informação antecipada. Acompanhei o caso desde a sua primeira informação, e ali já pareceu que tinha algo errado.
    Mudando de assunto, e pedindo licença para comentar outro tópico em local indevido, essa conversa do Neymar ser ungido a capitão pelo Pastor Adenor, me cheira a clausula contratual com patrocinadores. Não é informação apenas uma justa desconfiança de um torcedor acostumado a ver acertos por baixo dos panos. Parece que o Pastor não é tão puro assim.

    Um abraço
    JT

  • Breno disse:

    O Sr. Bolzoni trabalha e opera exclusivamente no Hospital Mãe de Deus e isto já vem de muito tempo.

  • Darci Filho disse:

    João, é difícil de compreender esta definição de “capitania da seleção.”

  • Cristiano Ferreira disse:

    Os amistoso infrutíferos da seleção que prejudicam os clubes brasileiros.

    Sobre a capitania da seleção, na Copa, Tite não definiu o capitão.

    Após o término da Copa, confirmou Neymar como capitão nos amistosos.

    A indagação deve ser feita pelos repórteres, exceto se forem patrocinados pela Nike.

    O que tem de perguntas que poderiam fazer o Tite estremecer.

    Eu ainda quero ver alguém perguntando a razão da desconvocação do centroavante Pedro, já que na Copa alguns jogadores permaneceram no grupo, mesmo lesionados. Afinal, Pedro poderia passear, assim como Tetê e Hugo.

  • Sandro disse:

    Darci, essa idéia de Luan de falso 9, colocando outro jogador para armar, te agrada?

  • Darci Filho disse:

    Sandro, esta formação já deu resultado, mas improviso nem sempre é solução. Naquela oportunidade o Grêmio tinha mais de um atleta com qualidade no meio campo.

Comentar

*