Aniversariantes
Enquete

O Inter acerta em colocar time alternativo contra o NH?

Apuração

Carregando ... Carregando ...

Bebida alcoólica em estádio de futebol não é questão de saúde

Está em debate a liberação ou não da bebida alcoólica em estádio de futebol no Rio Grande do Sul. O governador Eduardo Leite que inicialmente se posicionou contrário a liberação começa a recuar. O governador do Estado coordenará uma  – super comissão – para analisar o assunto. Pelo que percebo a Lei criada pelo ex deputado Miki Breier será derrubada. As negociações começaram ontem, antes mesmo da aprovação do veto do governador Eduardo Leite. Ontem almoçaram juntos o governador e o presidente da Federação Gaúcha de Futebol Francisco Noveletto. Esta é uma matéria, que antes da preocupação com a saúde, disperta a ganância pelos patrocínios. A liberação da bebida alcoólica em estádio de futebol envolve muito patrocínio. Depois deste auxílio de Noveletto para a dupla Grenal todos perceberão que as críticas ao Campeonato Gaúcho – pelo menos temporariamente – diminuirão.

Um Comentário para “Bebida alcoólica em estádio de futebol não é questão de saúde”

  • roque fernando disse:

    olha tem dois lados…se a houver blitz na saída do estacionamento do estádio órgão publico que arrecada ficará, feliz. POr outro lados os transportes públicos e privados ficarão mais cheios, pois quem quer tomar uma e outra nao vai querer ir de carro.
    Com todas as regras que existem para identificação de maus torcedores, e as punições que os clubes sofrem por mal comportamento. Sinceramente nao vejo problema em liberar. Pois muitos tomam uma ceva fora do estádio. E os preços dentro do estádio serão um pouco altos. Sinceramente não gosto de engenharia comportamental traçada pelo estado. Cada um tem que ser responsabilizado e punido pelos seus atos que estão em desacordo com as regras vigentes.

Comentar

*