Cumpleaños
Encuesta

O Grêmio sai da zona do rebaixamento até o início da Copa América?

  • N (70%)
  • (30%)

Carregando ... Cargando ...

O pior será a vaia

Em caso do Tite convocar o Neymar dará o ponta pé inicial no desmoronamento da toda a sua pregação de igualdade entre os mortais do futebol. Se Tite convocar Neymar ninguém poderá dizer que o treinador é coerente em suas atitudes. Se convocar Neymar, Tite revelará que passou muitas noites sem dormir e fez muitas caminhadas no calçadão de Ipanema até tomar a decisão. Se Tite convocar Neymar terá realizado a sua atuação menos inspirada como técnico da Seleção Brasileira. O pior será a vaia.

5 Comentários paraO pior será a vaia

  • Cristiano ferreira estos:

    E como a CBF e o Tite irão justificar para o patrocinador na seleção a não convocação do Neymar?

    Se a CBF tivesse dirigente sério, vetaria o Neymar da convocação. Resolver problema de jogador indisciplinado, não cabe ao treinador, cabe aos dirigentes da Instituição, inclusive expor as regras de conduta e de punição.

    A incoerência do Tite ficará exposta com a convocação do Neymar.

    Se eu sou o Douglas Costa, pediria dispensa de todas as convocações. Ele já está na Europa há anos, não precisou da seleção para chegar lá. Quem precisa dele, é a seleção e não o contrário.

    Quando a seleção precisou do indisciplinado Romário, fez a convocação. O Brasil foi para a Copa e, com Romário, foi campeão. Romário ficou um bom tempo longe da seleção. A comissão técnica manteve a coerência.

    Para o próprio bem, o Tite não deveria convocar o Neymar e mostrar ao jogador que, no futebol, tem que ter disciplina e respeito e que a Seleção pode encontrar outras soluções.

  • Paulo estos:

    Pior que isto, agora só responde as perguntas que lhe servem.
    De resto, acertasse em cheio!

  • ANDRÉ estos:

    O rei da coerência! Selenike é quem manda, como vai deixar de convocar o Neymidia?

  • ANDRÉ estos:

    Aliás , já convocou

  • Darci Hijo estos:

    Fiz a observação antes da convocação.

Comentar

*